Carbono Social Serviços Ambientais
Apresentação do Projeto de Crédito de Carbono intitulado Substituição de Combustível das Cerâmica Maracá Voltar
 
Prezados Senhores:

Esta carta tem por objetivo apresentar-lhe o Projeto de Crédito de Carbono denominado Substituição de Combustível da Cerâmica Maracá. A atividade do projeto consiste na utilização de biomassa renovável, como serragem e resíduos de madeira, e resíduos agrícolas interrompendo o uso de biomassas não renováveis, como lenha nativa, responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa na atmosfera. A substituição de combustível teve início em Dezembro de 2007, entretanto o período creditício se inicia em Fevereiro de 2008. Segue abaixo uma breve descrição sobre o projeto e seu contexto:

Mudanças Climáticas e o Mercado de Carbono
Ao longo dos dois últimos séculos, a concentração de gases de efeito estufa na atmosfera (dióxido de carbono, gás metano, óxido nitroso) vem aumentando em conseqüência da intensificação de atividades humanas como o uso de combustíveis fósseis, produção agrícola, desmatamento, processos industriais e transporte. Alguns estudos estimam que nos últimos cem anos a temperatura média do planeta elevou-se aproximadamente 0,7 ºC, resultando em impactos evidentes sobre a saúde humana, os ecossistemas e as atividades econômicas.
As várias reuniões internacionais realizadas em busca da mitigação dos impactos causados pelas mudanças climáticas levaram ao desenvolvimento do Protocolo de Kyoto, um documento que especifica meta de redução de emissões para os países desenvolvidos. Nasceu então, o Mercado de Carbono, onde países em desenvolvimento e sem metas de redução de emissão, como o Brasil, podem desenvolver projetos de redução ou captura de emissões de forma voluntária; estas reduções podem ser vendidas para os países que possuem metas de redução, através da comercialização dos créditos de carbono.
1 crédito de carbono = 1 tonelada equivalente de CO2
Paralelamente ao mercado de créditos de carbono do Protocolo de Quioto, surgiram iniciativas voluntárias de empresas e instituições que não possuem obrigações de reduzir emissões, mas que desejam compensá-las através da aquisição de créditos de carbono; esta compensação pode ocorrer no Mercado Voluntário.
 
1 2